Reunião
Lacanoamericana de
Psicanálise

 
18 a 21 de outubro de 2017

Rio Othon Palace| Rio de Janeiro| RJ

Já é inscrito? Acesse sua área restrita:


Dispositivo


A Reunião Lacanoamericana de Psicanálise mantém há 30 anos o mesmo dispositivo peculiar: os trabalhos são sempre apresentados por seu autor em nome próprio e não em nome da instituição psicanalítica à qual ele eventualmente seja filiado; mesmo que o trabalho seja fruto de uma elaboração coletiva, o apresentador será um só e terá 30 minutos para sua apresentação, em uma tribuna ou mesa composta de duas apresentações, sempre havendo dois apresentadores na tribuna, em períodos de uma hora, meia hora para cada um. As mesas não tem coordenadores e o tempo de apresentação é demarcado por um dispositivo luminoso em 3 cores: a partir do momento em que se inicia a contagem do tempo, uma luz verde é ligada e permanece nos 20 minutos iniciais, quando ela se torna amarela, indicando ao autor que ele dispõe de mais 10 minutos para o debate com a sala, tempo que ele pode usar para estender seu trabalho, ficando sem debate. Ao final destes 10 minutos a luz se torna vermelha e o tempo está encerrado, devendo iniciar-se a segunda apresentação daquela mesa, que o primeiro apresentador acompanha, reiniciando-se a demarção de novo período de 30 minutos com a mesma sequencia de signos luminosos. Ao final da apresentação desfaz-se a mesa. O tema dos trabalhos é livre, a reunião Lacanoamericana não é temática e não há seleção prévia dos trabalhos, todos os que forem enviados sendo apresentados.